21 de janeiro de 2017

Flap Jack, o cachorro mais inteligente do mundo

Quando eu conheci o Dan (meu noivo), eu já sabia, no instante em que coloquei meus olhos nele (ao vivo), que ele seria uma pessoal especial na minha vida, e que ele me traria muita alegria. O que eu não imaginava, e descobri meses depois (quando fomos morar juntos), era que ele me daria a satisfação de conviver com o Flap Jack, (o Doges, Flat Back, Bob Bragalha, Shortinho, Mister, Xuxuto, entre outros apelidos) . O Flap não é um cachorro comum, de quatro patas, boboca, que corre pra pegar uma bolinha verde babada, embora ele faça isso muitas vezes. Ele é um membro da família, de opiniões nada rasas, vontade própria, personalidade forte, e lealdade marcante ao "padrinho", que é o nome pelo qual ele reconhece o Dan. A qualidade mais marcante do Flap,é que ele faz o que quer, como por exemplo, ir no quarto nos acordar, porque sim. Estamos morando juntos há quase um ano, e eu não consegui me furtar de amar esse ser tão sem igual. Ele é maluco? (como dizemos quando ele faz algo doido, como tentar comer sabonete) É,, é maluco. Ele é o ditador do carinho daqui de casa, que fica pedindo carinho de pé toda hora? É. Ele tem uma bola verde, babada, que eu apelidei de chupeta? Tem. Ele é brabo? Muito. Ele detesta BARULHO de interfone, telefone (aliás quando eu estou falando ao telefone, ele acha que estou falando com ele, e responde com ganidos bem baixos, como se ele estivesse contando um causo). Ele é fan da Adele? Não, ele não é, mas quando eu canto, "dorme filhinho do coração", ele sempre cai no sono se em conjunto tiver um bom cafuné. Desde que ele chegou, a ideia dele não existir nas nossas vidas, não é mais concebível. E isso é tão real quanto ter o Dan na minha vida, eles são parte da minha família. Um brinde com água a eles, que mudaram a minha vida pra sempre, e que possuem qualidades tão lindas, que eu gastaria anos pra descrever. #TatuadoNaMinhaPanturrilha <3



Postar um comentário