11 de fevereiro de 2017

Alegria despropositada

Sabe o que falta?! Talvez um pouco menos de senso crítico assassino homicida e um pouco mais de alegria despropositada. Eu frequentemente paro pra me perguntar por que enfiamos uma faca no coração PRA TUDO Minha Nossa Senhora da Penha!? Não é estupidez nos preocuparmos antes de acontecer alguma coisa? Não é sofrer duas vezes? Conheço pessoas que já planejaram a vida inteira, e inclusive já pagaram o próprio enterro! Nada contra o plano funerário, mas é que, bom, tanto planejamento, a vida deixa de ser espontânea sabe? Tudo fica mecânico e as pessoas esquecem que algumas engrenagens quando não se movimentam, enferrujam e perdem a capacidade de funcionarem como foram criadas pra funcionar. Não que planejamento seja ruim, mas o equilíbrio é algo fenomenal, e um pouco do extraordinário e imprevisível surpreendente, é ótimo pra deixar a vida mais leve, mais engraçada, mais crível. Discordo que a realidade seja dura. As pessoas são duras. Amar não é ruim, as pessoas tornaram isso num tabu tão grande que quando alguém se apaixona é tratado como um idiota fracassado ao invés de um bom filho da mãe abençoado! Ser feliz é bom gente! Não quer dizer que sejamos ricos, isentos de problemas e em hipótese alguma as pessoas felizes deveriam ser tratadas como insuportáveis arrogantes metidos a serem melhores almas que as outras, Deus me acuda. Me intriga o fato das pessoas não trabalharem a favor de si mesmas... e afundaaam, como canoas furadas ao menor indício de chuva. Deixa eu te contar? Acontece. Tempestades na vida. Furacões nos relacionamentos. Pessoas boas ficam doentes também. Bons filhos as vezes também são rebeldes. Grandes mulheres também são carentes, e homens maravilhosos também possuem vazios que precisam ser preenchidos. E isso não é o fim no universo. O fim do mundo é você ficar aí do seu lado da cerca, com uma droga de faca enfiada no coração, achando que do lado de cá, as pessoas felizes e satisfeitas são também anormais e desprezíveis, ou arrogantes. Vai ser feliz. É fácil! Se você tem uma boca, (geralmente usamos ela pra comer ou beber algo, verifique em seu rosto, ela geralmente vem acompanhada de dentes), sabendo que você possui um exemplar desse em seu rosto, (após se olhar no espelho), SORRIA... É SÓ VOCÊ IR ESTICANDO OS LÁBIOS LEVEMENTE, ATÉ APARECEREM OS DENTES, PROSSIGA MESMO SE NÃO OS TIVER. Tente dizer mais "sim", ria da vida, seja um pouco inocente, abra algumas concessões, esqueça as dores do passado. E pelo amor de Deus, pare de ser a vítima da sua história, SEJA O HERÓI. Planeje sim, mas seja espontâneo, fique suado por um bom motivo e nunca esqueça do sorvete. Sorvete é uma delícia.
Postar um comentário