1 de maio de 2017

Aponta pra fé e rema


Eu não sei de quem é essa frase. Mas as vezes a gente está de pé em frente ao mar da vida, e simplesmente, não existe outra forma mais "sensata" de encarar o mar furioso do que apontar pra fé e remar de encontro a ela. Claro, podemos sempre nos perguntar, porque o mar está revolto, podemos tirar conclusões precipitadas, erradas ou óbvias fazendo isso. Mas a grande verdade sobre tudo, sobre a vida, é que nem sempre haverá uma razão para um mar revolto. No entanto, eu entendo que o mar revolto forme muitos marinheiros preciosos. Não em detectar tempestades com antecedência, mas em saberem remar e dar abrigo a quem no meio da tempestade, teve seu barco arrasado. Está sem fé hoje? Que tal pegar seus remos e seu barco, e correr pra fé? E não se engane, a fé mora dentro de você, junto com o mar.

Postar um comentário