16 de maio de 2017

Série: Perguntas e Respostas Retiradas do Yahoo- "Preferir o silêncio, para evitar uma discussão, é sempre a melhor opção?"



 "Preferir o silêncio, para evitar uma discussão, é sempre a melhor opção?"

Não, não é não, a menos que você queira morrer tendo um infarto do miocárdio, bem cedo. 

Alguns assuntos merecem ser colocados na mesa e discutidos, o que podemos escolher é, gritar uns com os outros como crianças malucas brigando, ou discutir o que tem que ser discutido civilizadamente; porém o silêncio nunca resolveu nada, quando se tem que resolver algo. 
No entanto, se for uma discussão de briga, que estiver em andamento, é melhor deixar só um gritando feito tolo e ficar calado, porque ninguém merece gente que briga gritando (e batendo, porque quem grita pode achar que também pode bater e desce a mão mesmo). 

O silêncio é uma escolha muito pessoal na hora de uma discussão, pode valer tudo ou nada. As vezes a pessoa que aborda um assunto com você, merece ouvir umas boas verdades sim. Uma vez uma pessoa se meteu a besta comigo, e era o tipo de coisa que ia virar recorrente se eu não cortasse o mal pela raiz, então pra não morrer do meu coração, eu tive que sacrificar a boa vizinhança e dizer pra pessoa que as coisas não eram como na casa da mãe joana, minha vida tem ordem. Não foi bonito, falei coisas duras, mas fui pontualmente educada, não baixei o nível da conversa e se quer deixei de perdoar essa pessoa. As vezes é isso, existem assuntos que não podem ser ignorados em detrimento de calmaria na vida, porque a vida na maioria das vezes não é nada calma. Eu sempre digo, as vezes o combate não se pode ser evitado, mas reforço, quando possível a paz. Porque a menos que todos sejam imaturos, dá pra abordar qualquer assunto evitado discutir brigando efusivamente, quando chega nesse ponto de brigar, ninguém mais tem razão. O lugar onde as pessoas se exaltam, sempre é um lugar onde a razão não permanece, dai as pessoas dizem o que querem e muitas vezes fazem o que não querem, Por isso, eu espero esfriar minha cabeça antes de discutir algo muito sério que pode vir a se transformar numa briga. Com a cabeça estando arejada e fria, é que se evita muitas voltas no assunto e a famosa discussão da briga, onde se falam palavrões e se jogam coisas feias na cara um do outro, eu já fui craque nisso... de brigar. Gosto das coisas justas, por isso vivia brigando por elas, mas o tempo passou, eu amadureci, me sofistiquei e descobri que posso conversar sorrindo ao invés de brigando de cara feia, ou ficar simplesmente em silêncio deixando de opinar sobre algo que me incomoda. Prefiro, assim, quando posso instaurar um diálogo, assim o assunto proposto tem mais adesão e eu evito ter um ataque cardíaco de nervoso. 


 "Preferir o silêncio, para evitar uma discussão, é sempre a melhor opção?"

Não. O diálogo pacífico, quando aceito, sempre resolve tudo, se não for possível, vire as costas e saia andando, até que a outra pessoa resolva se alcalmar, com ela calma, retorne e converse como gente. 

Entendeu o papo reto?

Bjus breves e resumidos e até a próxima!




Postar um comentário