3 de maio de 2011

Receita para Maio

deixe para outro dia uma pitada de boas ilusões que não darão em nada. Acrescente sonhos idealistas sobre o futuro, com uma pitada de um sorriso de canto de lábios, a uma boa dose de expectativas, misture até obter uma massa consistente que chamaremos de realidade bonita, separe da mente as hesitações e atitudes covardes, aqueça o coração, unte boas intenções com um pouco de paixão avassaladora, e deixe cozinhar... após alguns segundos... tire de dentro do coração... decore com beijos e abraços e compartilhe!!! E que o mês de Maio enfim me traga os bons ventos que mereço... que as velas sejam impulsionadas pelas minhas melhores escolhas, e que por Deus eu saiba como escolher as coisas boas! Que meus olhos chorem menos, que meu coração viva mais, que eu entenda mais sobre a vida e ame mais as pessoas que merecem meu amor. Que a guerra seja opcional... que meus sonhos sejam realizáveis, afinal mereço respirar... que meu inverno se torne em primavera, que as cerejeiras dentro de mim floresçam.. pelo amor de Deus! que o desespero acabe, que eu coma cachos de uvas e use anéis de prata... que todos os caminhos trilhem pra gente se ver, que eu aprenda novas canções... e que todos as trilhas caminhem pra gente se achar... que meus planos dêem certo e que no final de tudo eu ainda tenha estômago!!! Porque haja asia... uma asia mais filosófica dramática mental do que fisiológica alimentícia corporal..e pra terminar um versinho bonitinho que ando vivendo... digo ao tempo... "ele ri e sabe o que faz/quis pra minha vida todo tempo esperei/ e a vida está agora em torno de você/ amanhã é longe demais p quem não tem quem p quem não sabe/...amanhã é longe demais p quem não tem quem não tem a eternidade..." Vanessa da mata Longe demais
Postar um comentário