7 de maio de 2015

[Trecho de: alguém precisa acreditar no amor]


As vezes eu tenho vontade de correr... mas não agora, agora estou sentada com as mãos nas têmporas tentando entender. E as vezes eu até corro. Corro como se o meu corpo estivesse se esvaziando de tudo. Como se a mente estivesse vazia. E depois, só depois... eu choro. Choro por não acreditar mais em milagres e por todas as vezes que eles ainda irão me acontecer sem que eu peça.
Você já existiu sem existir? Já ensinou alguém a amar? Já ouviu o ritmo da chuva? Já esperou sem cansar? Já sorriu de tristeza? Tomara que seja rico... de todas as belezas... por que quando a escuridão toma conta de alguém... coisa mais triste não há. E é bom, vez ou outra, respirar.
E quando você tem uma coisa boa.. o que você faz? Você acha melhor largar? Se eu soubesse antes o que eu sei agora... mesmo assim... eu teria me apaixonado. Mesmo com cicatrizes, com coisas pra pensar... mesmo tomando um ônibus em outra direção... mesmo assim... com toda minha respiração presa no meu choro, eu ainda assim me apaixonaria. Pergunte para sua alma... ouça o seu coração... mesmo se você já soubesse de tudo... você também não se apaixonaria? Eu ainda fecho os meus olhos pra acreditar no amor. Ainda guardei aquela foto. E é triste ter que admitir... mais ainda te desejo aqui.
Você me empurra... pra dentro de uma queda livre... e você me machuca... vejo seu rosto perfeito na escuridão. E você sorri, sem a mínima intenção de me salvar. Então eu acordo no meio da noite. Você apenas disse não. E olhe pra mim... estou acordada no mesmo pesadelo outra vez. Ainda acredito no amor... e ainda lamento por continuar a acreditar em todas as coisas tão lindas... acontece... alguém ter mais amor do que o coração pode guardar. Mas faço dessa fé um lugar de onde eu posso me esconder... por que querido .. alguém precisa acreditar no amor.
Postar um comentário