19 de julho de 2017

Série: A Mulher e a solidão - Os Problemas de sempre


Ela acabava de acordar naquele dia e a cabeça latejava. Eram as dores por saber que os problemas já se adiantavam e se punham diante dela com as mãos rechadas de pedras. A vida aguardava sua reclamação, como um pulmão que precisa de ar. E não havia lugar no mundo onde ela pudesse se esconder, e amanhã seria tarde demais pra não notar que a solução era soluçar. Sim, chorar um pouco pra deixar o coração se aliviar. Choro não resolve problemas,mas pelo menos assim, ela poderia se lembrar que era humana e não uma boneca, com bonecas existem histórias programadas, com pessoas, existem decisões e destinos, era disso que ela precisava se lembrar pra solucionar todos os problemas. 
Postar um comentário